POLÍTICA

Mais que nada

Ouço e leio, aqui e acolá, que a CPI da COVID não vai dar em nada. Sob o aspecto da compreensão geral do que seja o processo político dar em alguma coisa eu concordo. Entende-se, por aqui, dar alguma coisa como sendo dar em prisão, tortura, sangue, enforcamentos, esquartejamentos… no mínimo, no mínimo, um degredozinho. Afinal, vivemos um eterno auto da devassa.

Mas, se considerado o seu papel de fato, e o papel que o legislativo deveria ter cotidianamente na nossa sociedade, se poderia dizer que ela já pode ser considerada uma das CPIs de maior sucesso e com as mais importantes contribuições à sociedade em tão curto tempo.

Ela é o que o congresso deveria ser todo dia, não apenas em dia de festa. Aliás, acho uma temeridade o que virá assim que ela se encerrar. Porteira aberta, boiada passando. O caso do ‘por um dólar a mais’ e o da Prevent Senior são só pequenos exemplos.

Porém, retomando a primeira consideração, quero observar que o que me parece vai dar em nada, nada mais que nada, não é a CPI, somos nós mesmos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s