ESPIRITUALIDADE

O eterno descobrimento

Deus não se apresenta aos nossos seres finitos

como uma coisa já completamente acabada

que vamos abraçar.

Deus é, antes para nós

o eterno descobrimento

o eterno crescimento.

Quanto mais julgamos compreende-lo,

mais Ele se mostra diferente do que julgávamos.

Quanto mais julgamos te-lo agarrado,

mais Ele recua,

atraindo-nos para as profundezas de si próprio.

Quanto mais nos aproximamos DEle,

por todos os esforços da natureza e da graça,

mais Ele aumenta com o mesmo movimento

e sua atração sobre as nossas potencias,

e a receptividade das nossas potencias

e essa divina atração.

Categorias:ESPIRITUALIDADE, POEMAS

Marcado como:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s